Ano 2 | Nº 22 | Outubro de 2008
Educação
O Sistema Educacional na Alemanha e as Oportunidades para os Jovens | Francisco Reis
  Chegamos a Munique em Dezembro de 2007 e,desde então, temos nos surpreendido freqüentemente com o Sistema Educacional na Alemanha, assim como temos o comparado ao nosso sistema no Brasil. O primeiro passo foi aprender como o sistema funciona e depois tentar se adaptar o mais rápido possível.

   Aqui na Alemanha, o sistema educacional é primordialmente público, embora exista também a opção de escolas privadas. A partir dos 3 anos de idade, a criança tem o direito de freqüentar um “Kindergarten” público, na escola mais próxima de sua casa. Basta que os pais façam a inscrição da criança um pouco antes dela completar os 3 anos. O Estado ou município é obrigado a encontrar e disponibilizar uma vaga para esta criança e o mais perto possível da sua residência. Nossa filha Maria Clara, que fará 3 anos em novembro, já está inscrita e estamos aguardando um contato da escola pra informar que ela pode começar a freqüentar as aulas.

   A partir dos 7 anos de idade, a situação muda um pouco. A obrigação é de ambos os lados: O governo estadual ou municipal é obrigado a oferecer vagas para 100% das crianças de um bairro e os pais obrigados a levarem as crianças à escola. Caso contrário, a polícia vai até sua casa para saber o motivo pelo qual a criança não está freqüentando a escola. Isto acontece também se, depois de 2 dias, a criança não comparece à escola depois de matriculada sem que o (a) professor (a) seja informado do motivo. O ensino elementar chamado de “Grundschule” tem duração de 4 anos, no qual as crianças aprendem, entre outras, matérias tradicionais:Inglês, Informática, Música, Pintura, Trabalhos Manuais e Costura. Na 4ª. Série, quando o aluno tem de 9 a 10 anos, suas notas são avaliadas para saber qual o sistema educacional esta criança vai seguir a partir da 5ª série: “Gymnasium”, “Realschule” ou “Hauptschule”. Em outras palavras, se a criança vai seguir os estudos até a Universidade, se vai até um curso técnico ou se vai preparar-se para trabalhos manuais. É interessante exigir isto das crianças já aos 9 ou 10 anos. Portanto, normalmente são os pais, baseados e apoiados no desempenho escolar das crianças, que acabam optando qual o melhor caminho a seguir. Se uma criança não alcança desempenho suficiente na 4ª. Série para ir para o Gymnasium, ela pode fazer um exame e obter uma vaga através deste exame. É na 4ª. série que a criança aprende a ter responsabilidade nos estudos.

   Temos um filho que acaba de começar a 4ª série (aqui o ano escolar se inicia em setembro e termina em julho do ano seguinte). No início do ano de 2008, o Luis Felipe foi colocado numa 3ª série sem ter tido nenhum curso de alemão prévio. No momento ele já acompanha perfeitamente as aulas em alemão. A maior dificuldade dele não foi a nova língua, mas foi se adaptar à cultura e a disciplina escolar alemã. Nas primeiras semanas, quando ele pedia ajuda a um colega ou fazia alguma pergunta ao colega do lado, os “colegas” ficavam extremamente bravos com ele. A professora também chegou a nos contatar para dizer que o Felipe não estava com o material escolar no lugar correto na carteira no momento em que ela entrava na sala de aula. Sistema extremamente disciplinado e muito tradicional, lembrando o sistema brasileiro há uns 50 anos. O interessante é que ele se adaptou a esta disciplina, o que sabemos que trará alguns benefícios no futuro.

(Clique na imagem para ampliar)

Chama também a nossa atenção o fato dele ter sido, até então, apenas um bom aluno no Brasil, enquanto aqui na Alemanha é o “primeiro aluno” em Matemática. Não me parece que o nível escolar aqui seja mais exigente que o brasileiro; pelo contrário, mesmo no caso de estarmos comparando o sistema público daqui com o privado daí.

  Quando chegamos aqui, perguntamos a alguns colegas qual era a diferença entre uma escola pública alemã e uma escola privada. Alguns disseram que não havia diferença, apenas que em uma você pagava e em outras não. Outros disseram que, na verdade, se seu filho não consegue entrar num “Gimnasium” Público (mais difícil), aí os pais “pagam” e encontram vagas nos “Gymnasiums” Privados.

   Talvez tenha ficado uma dúvida: Como é que a polícia sabe que você tem uma criança em casa que ainda não foi na escola? É que é interesse do próprio cidadão informar ao governo quantas crianças há na família. Para cada criança nascida, os pais recebem hoje uma quantia de 154 euros mensais. Valor considerado baixo e que será aumentado neste final de 2008, pois o governo alemão quer melhorar a qualidade de vida do cidadão e, ao mesmo tempo, incentivar o aumento da taxa de natalidade. Também, depois de faltar dois dias sem justificativa às aulas, normalmente a própria professora avisa a polícia para ir à casa do aluno para ver o que aconteceu.

   Outro detalhe interessante: se a criança não encontra uma escola numa distância menor que 3 km distante de casa, o governo é obrigado a disponibilizar o transporte público gratuitamente. Se a distância for menor de 3 km, é responsabilidade dos pais providenciarem o transporte. A criança pode ir caminhando, é claro, (pois a segurança é muito boa) ou de bicicleta. Aliás, o Felipe vai, nas próximas semanas, ter também aula e tirar carteira de bicicleta. Na 4ª série, aprender a andar de bicicleta, no trânsito de Munique, é uma matéria obrigatória na escola. Aqui na Alemanha, principalmente em Munique que é uma cidade totalmente plana, quase 100% da população tem bicicleta (é comum vermos idosos aparentando mais de 80 anos andando de bicicleta pelo trânsito) e quando não há ciclovia, as bicicletas andam mesmo no meio da rua. Importante: As bicicletas, salvo poucas exceções, têm sempre prioridade no trânsito, só perdem mesmo em prioridade quando comparadas com os pedestres.

   Voltando ao sistema educacional, o “Gymnasium” é o sistema que vai da 5ª. à 12ª. série e depois já se começa a Universidade. No “Gymnasium” alemão, os alunos devem escolher pelo menos duas línguas estrangeiras para estudar. O Inglês é obrigatório desde a 5ª. Série.


  1 | 2            Próximo

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



Hotel Ideal
Rua Oliveira Braga, 362
Tel.: (12) 3105.2835
Harlei Hotel
Rua Oliveira Braga, 409
Tel.: (12) 3105.2940

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



Hollywood Palace Hotel
Rua João Alves, 114
Centro - Aparecida/SP
Tel.Fax: (12) 3105.1222
Tel.Fax: (12) 3105.1824
email
www.hotelhollywood.com.br


Preview Agência™
Jardim São Paulo
Aparecida, SP
Tel.: (12) 3105.1763
Cel.: (12) 9148.0617
Visite o Canal Preview

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player



100% Ice Cream
Rua Isaac Ferreira da Encarnação, 228
Jd. Paraíba II - Aparecida/SP
Tel.: (12) 3105.2550
Tel.: (12) 3105.4237
100icecream@gmail.com
  © 2007 • 2014 Jornal O Lince, tem o que ler  | Tel.: (12) 9 9138 5576 | redacao@jornalolince.com.br
  Rua Alfredo Penido, 101, Jardim São Paulo
  Aparecida, SP | CEP 12570-000